Blogosfera: Moda ou Consumo?

O que vale mais: o consumo ou a moda? Conversa com a gente a respeito aqui no Nerd.

Arise Magazine

Ariza Magazine - Entrevista

Look do Dia: We Love Fashion Blogs
28 Novembro 2013  (7 Posts) Camila Oliveira Artigo publicado por 

Há uns quinze dias atrás, a Renata Brindeiro me marcou no IG da Camila Coelho para participar do concurso para encontrar novas blogueiras, e como adoro um burburino, me inscrevi rapidamente.

Quando comecei a ler sobre os desafios, vi que precisaria montar uma produção, e aproveitando os dias que estive de passagem por João Pessoa, tive o prazer de depois de algum tempo, trabalhar com a Bruna e nossa querida fotografa Renata, e como esperava, o resultado saiu muito positivo.

Tive como base para criar essa produção, a ideia de usar um look que fosse monocromático. Ando um pouco viciada pela ideia de usar branco, mas me pego com problemas por ser a cor que menos tenho no meu armário. Com a ajuda de Bruna, acabamos por escolher essa roupa para ilustrar o primeira desafio do We Love Fashion Blogs, que o Nerd da Moda está participando.

Nessa primeira etapa, nos foi pedido que montássemos uma produção e lá falássemos sobre o por que de amarmos nosso blog.

Acessem por esse link, vejam o por que nós amamos tanto o Nerd e ajuda com seu voto nossa participação no concurso.

É isso nerd’s. Gostaram da nossa inspiração? Comenta aqui e vota lá, não esquece, hoje é o ultimo dia e contamos com o seu apoio!!



Categoria: Blog, Moda
1 Comentário
Estilo Lo-Lo: Riachuelo
18 Novembro 2013  (3 Posts) Camila Oliveira e Victoria Praciano Artigo publicado por 

Sempre que possível, abraçamos a possibilidade de registrar algumas produções com achados de loja de departamento. Afinal, lá encontramos muitas possibilidades de aderir de modo mais rápido (cada dia mais rápido!!), algumas peças, estampas ou modelos que vão cair no gosto do consumidor final.

Continuando os registros de Estilo Lo-Lo pelas lojas de departamentos de Fortaleza, as próximas produções que eu e a Victória montamos para mostrar aqui para vocês, chamou nossa atenção em especial. Por que? Bem, confiram mais abaixo, duas maneiras muito legais de usar uma camisa branca, adequando a ocasião desejada.

Camisa Branca: R$ 45,90
Short: R$ 55,90

Como a camisa branca acabou sendo a peça chave desse post, decidimos usa-la também com uma saia que adoramos desde o momento que a vimos, mas que a principio tínhamos dúvidas de qual combinar.
Então, como gostamos muito do efeito dela vestida e também da leve transparência do poá, eis que decidimos combina-la a saia de lenço desejo que queríamos de algum modo, publicar aqui para vocês.

Saia: R$ 59,90

O que vocês acharam nerds? Afinal, que peça vocês gostam de usar como coringa? Conta pra gente, e não esquece de dizer quais seus achados preferidos.



Categoria: Moda
1 Comentário
Inspiração de Domingo: Fashion Gazzete
17 Novembro 2013  (5 Posts) Victoria Praciano Artigo publicado por 

Na semana passada,estava conversando com Camila Oliveira, mentora-mor desse humilde blog sobre nossas rotinas de leitura online (diga-se blogs, sites,revistas eletrônicas etc). E chegamos a uma constatação: Não lemos nem mais a metade do que costumávamos antigamente.

Claro que nossas realidades com a faculdade se alteraram drasticamente, mas o ponto principal não é esse, e sim que o conteúdo que costumávamos ler hoje já não mais nos fascina-interessa. As matérias se tornaram com o passar do tempo muito redundantes e repetitivas, o que nos faz filtrar mais e mais nossas escolhas.

Pois bem, hoje vim recomendar um dos blogs que eu mais amo e que nunca saiu da minha lista de favoritos, permanecendo firme e forte na minha lista de leituras semanais desde 2011.

Contrariando a grande tendência de blogs brasileiros que procuram somente seguir a ‘’moda miojo’’ [termo cunhado por uma amiga de faculdade pra se referir a velocidade das trends-modinhas atuais], o Fashion Gazette possui um estilo muito fiel, e sabe apresentar e discutir dessas novidades sem parecer uma fashion victim como tantos outros fazem. Além de falar de moda, literatura e beleza, o blog conta com uma ramificação (seria essa a palavra?),o Living Gazette, dedicado inteiramente a decoração e arquitetura .

O estilo dos posts e as temáticas escolhidas normalmente são de estética mais romântica e clássica, mas feitas de uma maneira que até quem não curte coisas muito ladylike (tipo eu) se apaixona

E justamente desse blog vem a minha inspiração do dia.  Uma série de post’s falando sobre o maravilhoso livro “Roube como um artista”, cuja temática não vou entrar em detalhes porque quero muito que vocês leiam, tanto os posts sobre ele como o livro em si!

Segue então, para vocês lerem as publicações, aqui:
- Parte 1.
- Parte 2.
- Parte 3.

Me inspiraram tanto que acabei imprimindo todas as frases para por em todos os meus cadernos. O tipo de coisa que precisamos ler de vez em quando, pra por a cabeça no lugar e ir mais longe, sempre mais longe.

E ai nerds, qual é a inspiração de vocês pra esse domingo?



Categoria: Moda
Comentários
Minimalismo ao Máximo
14 Novembro 2013  (7 Posts) Camila Oliveira Artigo publicado por 

O Minimalismo nada mais é do que um movimento estético que atingiu vários segmentos artísticos produzidos pelo homem. Da arquitetura a literatura, desde meados do século XX, temos a oportunidade de observar e apreciar idas e vindas desse conceito simples, reto e extremamente elegante.

Apesar do surgimento nos anos 60, na moda sentimos sua maior influencia por volta dos anos 90, período em que o homem moderno quis fugir um pouco dos excessos das cores, formas e estruturas (vulgo ombreiras) muito comuns nas décadas antecessoras a ela, em especial 70’s e 80’s.

Foto: Love Aesthetics

Victória há alguns dias, nos indicou aqui no Nerd da Moda o Love Aesthetics, uma página administrada pela Ivania Carpio que é toda feita sob sua visão minimalista da moda, e que pode nos inspirar de muitas maneiras sobre a nova constante que está para cair no gosto dos consumidores.

Na nossa atualidade o minimalismo aparece muito forte para as próximas estações, pois como aconteceu no fim do século passado, é chegado o momento da sobriedade, em que se enfatiza os traços mais simples e retos comuns, por exemplo, na alfaiataria; onde as cores aparecem mais puras, em versões monocromáticas, mas também com estampas artísticas; a beleza, que há alguns anos vem nos sendo mostrada com modos de aplicações mais naturais, entra de vez no gosto de uma mulher moderna, que quer mostrar sua elegância sem grandes esforços aparentes.

A filosofia de que o menos é mais, está mais forte do que nunca, nos dando a liberdade criativa de lidar com a elegância simplificada. Vivemos o momento de eliminar certos detalhes desnecessários e podemos nos entregar ao estilo cool/clássico/clean que está inerente à moda minimalista. É chegado o momento de explorar o EU na moda, deixar um pouco de lado o MEU.

E vocês nerd’s, o que mais chama sua atenção na moda minimalista? Podemos dizer que ela pode fazer a cabeça da mulher brasileira? As formas menos ajustadas podem ser aceitas com mais facilidade? Conta aqui para a gente o que vocês acham dessa nova versão da estética minimalista na moda.



Categoria: Moda
Comentários
três saltos dourados
13 Novembro 2013  (1 Posts) Caroline Fernandes Artigo publicado por 


A Femme à la tête de rose é uma ilustração feita por Salvador Dali para uma edição de 1935 da Harper’s Bazaar.

A história dessa ilustração, que continua muito depois da sua publicação e até mesmo depois da morte do Dali, é um dos meus exemplos preferidos de interdisciplinaridade e, sem dúvida, o mais legal pra se contar aqui no NDM, um blog que faz parte desse grupo de blogs “de moda” que vão um pouco além do seu propósito inicial, partindo da moda para atingir os limites da arte em suas variadas expressões. Isso tudo, basicamente, pra que vocês possam fazer mais bonito naquela rodinha de amigos, ao invés de ficarem calados ou mexendo no celular porque não têm assunto hahhahahaha.

Na época em que eu soube que Femme à la tête de rose (que era, pra mim, até então um “quadro” do Dali hahhaha) era uma ilustração feita para a Harper’s Bazaar, eu fiquei no mínimo surpresa, porque nunca tinha imaginado que a obra do Dali se estendia aos domínios da Moda.

Capa da Vogue de 1939

Acontece que, assim como outros tantos seres geniais que pisaram na terra, ele não se prendeu a apenas uma forma de trabalho, ou a apenas uma forma de expressão.
Além dos mais de 1500 quadros, dos quais pelo menos um todo mundo conhece, das esculturas, instalações, cenários para peças de teatro (e etc etc etc…) Dali adentrou no mundo da moda com ilustrações para revistas como Harper’s Bazaar e Vogue, contribuindo com ensaios fotográficos para editoriais e até mesmo trabalhando com design de moda; vide Lobster Dress, Skeleton Dress e Shoe Hat, colabs dele com Elsa Schiaparelli (rival italiana da Srta. Chanel) e o Costume do ano 2045, apresentado no desfile da Dior no Masp em 1951.

Shoe Hat da Elsa Schiaparelli em colab com Salvador Dali

Voltando para a Femme à La Tetê rose; o que mais me chamou a atenção nessa obra, desde quando eu nem sonhava que acabaria fazendo arquitetura, foi essa estranha cadeira com três pezinhos calçando saltos à esquerda de ilustração. Lembro de pensar como seria incrível se decidissem construir essa cadeira.
De fato Dali, entusiasta da aplicação multidisciplinar da arte, trabalhou junto com o designer de móveis francês, Jean-Michel Frank, em diversos projetos de mobiliário e decoração. Mas, talvez por limitações técnicas, essa cadeirinha não consta entre os objetos construídos.
Felizmente, nos anos 90, um grupo de designers, liderados pelo arquiteto e designer Oscar Tusquets, decidiu desafiar-se a construir vários dos desenhos do Dali. Entre eles estavam a Leda Chair e a Leda Low Table (mesa do fundo da ilustração).
Os protótipos foram feitos pelo escultor Joaquim Camps e os modelos começaram a ser produzidos pela Bd Barcelona Design.


Ver a Leda Chair materializada foi um dos ápices da minha vida. Eu sou absurdamente apaixonada por essa cadeira!
Nos meus sonhos mais abismais eu, pessoa doente mental, sento em uma Leda Chair e ela sai andando com os três pezinhos e seus saltos fazem o barulho absurdo e impossível de três saltos andando num piso de madeira. Hahahahhahaha.
Infelizmente ela custa $31,269.00 e eu não sei se algum dia vou ter essa grana pra gastar numa cadeira, mesmo que seja uma verdadeira obra de arte; mas se alguém aí for rhyco o suficiente pode comprar uma nesse site aqui, ou duas e me dar a outra de presente hehe.

Eu não vou entrar na parte arquitetural da obra do Dali porque senão vocês não saem desse post hoje.
Mas por essa historinha já deu pra dar uma boa viajada entrando pela ilustração na Harper’s Bazaar e saindo sabe-se lá onde.
Porque o legal da moda é exatamente esse caráter intrinsecamente multidisciplinar. Ela pode ser uma porta de entrada pra um multiverso; se a gente tiver um pouco de curiosidade pra explorar isso tudo com certeza vai acabar descobrindo uma infinidade de coisas lindas, super interessantes e incríveis como essa cadeirinha.



Categoria: Decoração, Moda
2 Comentários
Página 1 de 7412345678Última »